Casa da Criança de Tires – Casa de Acolhimento Residencial

Sílvia Palma

Há instantes na vida que são decisivos, instantes que nos mudam para sempre. Num desses instantes decisivos cheguei à Casa da Criança. Trazia na cabeça todos os preconceitos de quem não conhece e uma vontade enorme de trabalhar. Vinha trabalhar.

Entrei pela porta e fui recebida numa casa de faz de conta mais real do que muitas casas. Doze meninos e meninas abriam sorrisos, construíam birras, traçavam brincadeiras, viviam! Doze meninos que nos enchem o coração e que um dia vão embora e em mim fica a certeza que depois de um dia de chuva há sempre um arco-íris.

Sílvia Palma, Estagiária de Animação Sócio-Cultural