Casa da Criança de Tires – Casa de Acolhimento Residencial

“Sinto-me tentado a fazer as coisas certas pelas razões erradas!”

A Quaresma oferece-nos um tempo para parar e refletir…

“Agora, temos 40 dias para nos prepararmos, para rever as nossas rotinas, para vermos como estamos. 

Temos 40 dias para aprofundar a nossa vida, para analisar sed as nossas atitudes e comportamentos, estão de acordo com o que vamos celebrar.

Temos 40 dias diante de nós, para chegarmos preparados a esta grande festa que dá sentido ao resto do ano.

A Quaresma oferece-nos um tempo para parar e refletir, no meio da agitação constante e mais ou menos consciente do dia a dia. É um tempo mais de perguntas do que de respostas. Para onde vou e para quê? Qual é o sentido do que vivo? Quais são as minhas esperanças? Quais são as minhas tentações e desafios?

Este é o convite que fazemos neste tempo de Quaresma: entrar no nosso deserto e deixar-nos acompanhar pelo Senhor, que ao longo da nossa vida, nos interroga e nos força a dar resposta às nossas questões e inquietações profundas.

Que as cinzas de hoje nos façam recordar a nossa fragilidade e pequenez, a pertinência e a conversão que precisamos de realizar.

Recebemos estas cinzas na cabeça com humildade. Servem para nos lembrar que muito do que cultivamos é transitório e que temos de alimentar o fogo que existe em nós.

Neste tempo favorável, deixemo-nos conduzir ao deserto.”

in Proposta de Reflexão para a Quaresma pela Pastoral do EML 

%d bloggers like this: