Casa da Criança de Tires – Casa de Acolhimento Residencial

A propósito da Adoção – Um poema cantado!

“Eu aqui na casa vou ter um final, esse final vai ser que vou ser adotado; Mas pode faltar muito tempo, vão ser dias e meses; Espero que me lembre de vocês, adoro-vos e nunca vos irei esquecer, amigos para sempre; Por isso digo-vos que gostei de vocês mas ainda vou ficar cá mais algum tempo, e então espero que não se esqueçam de mim; Agora não fiquem a dizer: – Estou a ficar invejoso, também queria ir embora; Ou outra coisa; Eu sempre viajei aqui na Casa, para vos ver; Eu só quis me divertir, aqui na Casa com os meus amigos. São participantes, daqui da Casa; Como eu.

Hum, hum, hum, hum, hum, hum, hum; Eu sempre quis viajar aqui na Casa, para me divertir; Agora vou-me embora, sempre quis vir para aqui para vos, vos, vos, vos, vos ver aqui amigos do fundo do coração. (Som de três palmas);

Eu, eu sempre vir para aqui para me divertir com, com quem diz a casinha? Com os meus amigos. Principalmente com o I., J., R e etc; Mas gosto muito de vocês, sempre quis vos ver aqui na Casa! Aqui na Casa só temos amor! E etc; Mas só quis vos conhecerrrrrrrrrrrrrr. (Tristeza)

Hum, hum amigos seremos para sempre, seremos sempre, para sempre; Do fundo do coração; Gostei de estar aquuuiiiiiii; Eu sempre quis andar aqui para a Casa dos Sonhos, tenho belas frases para vos dizer. E quais são? (Acabou a canção)

Abrir a janela para o futuro; Abrir a porta para o passado; Agora tenho uma pergunta para vocês: – Gostaram do Poema? Sim? Não? Etc. Tchau amigos.”

De: A. 9 anos

C3C5FEAF-1C43-4E97-A1E8-99CBDCFAA479

%d bloggers like this: